Me

Um coração que não nasceu, é fruto das consciências misturadas naqueles emaranhados das emoções... circuladas pelas incríveis fantasias já descobertas que continuam nessa majestosa trilha do desconhecido. Está abraçado com todas as realidades, e se encontra submerso às igualdades e aos diversos contornos peculiares que penetram na sua inconsciência.


         Instantâneo,                                                        Igualdade,


         espontâneo,                                                         realidade,


                feliz.                                                               à raiz.


Um corpo composto de confusões inundadas das mais sutis e inimagináveis linhas, que cruzam o horizonte das sensações. Uma alma buscando a verdade, que insiste em se esconder nos cantos luminosos existentes nesse espaço-tempo gentilmente chamado de esperança, trilhado no vão entre a vida e a morte.




Sou um desconcerto das minhas próprias
emoções vulcânicas;
implodindo cada centímetro
dos casos obscuros
declarados legalmente incompletos.


Sem mais!


© Um coração que não nasceu

Nenhum comentário:

Postar um comentário